Endodontia: entenda um pouco mais sobre o tratamento de canal (canal dentário)

Já sentiu aquela dorzinha no dente e, ao consultar com um dentista, você foi encaminhado para um Endodontista? Você sabe o que é a Endodontia e o que esta especialidade da Odontologia faz? A Clínica Odontológica Regina Bregalda montou um conteúdo sobre o assunto para tirar algumas dúvidas sobre o temido tratamento de canal: veja abaixo.

Endodontia: a especialidade do dentista especialista em canal

Endodontia é o tratamento da parte interna do dente, sua polpa, nervo e raiz: “endo” significa interno e, “dontia”, dente. Simplificando, é a especialidade da Odontologia responsável pelos temidos tratamentos de canal. Claro que todos os dentistas são aptos a realizar este procedimento, mas o dentista especialista em canal conhece mais ainda as técnicas que o envolve, tem mais conhecimento e está mais atualizado sobre o assunto e, claro, com certeza tem mais experiência na área.

Para resolver cárie dentária e canal no dente

A Endodontia é necessária quando o paciente apresenta cáries muito profundas ou alguma lesão mais grave, problemas que podem acabar necrosando ou inflamando a parte interna do dente. Se você apresenta dores, sensibilidade ao frio ou ao calor, dificuldades para mastigar ou bolhas de pus na gengiva, consulte um dentista: estes podem ser sinais e sintomas de que você precisa passar por um tratamento de canal.
A Endodontia é uma área muito séria e importante da Odontologia – fugir de seus tratamentos pode acabar levando o paciente a passar por infecções, inchaço, febre, dor e a futuras extrações dentárias e, consequentemente, a procedimentos mais caros e invasivos, como a colocação de implantes.

Como é realizado o tratamento de canal?

O tratamento de canal é um procedimento que costuma trazer muito incômodo ao paciente e, justamente por isso, muitos acabam fugindo do dentista para evitar fazê-lo. Diferente do que muita gente pensa, hoje em dia, com a evolução da Odontologia e a utilização de novas técnicas, já é possível oferecer muito mais conforto ao paciente na realização do tratamento – sim, é possível passar pelo Endodontista e sentir pouca ou nenhuma dor!
O procedimento não tem nenhum segredo: primeiramente, com o paciente anestesiado, é removida a polpa dentária, esvaziando, alargando, irrigando e desinfeccionando os canais localizados nas raízes do dente; depois, este espaço é preenchido com material obturador; assim, é feita uma restauração provisória para selar o preenchimento e para proteger o dente até a próxima consulta, quando o dente será permanentemente preenchido e restaurado.

Desinfectar, preparar e obturar: a tríade da Endodontia

Desinfectar, preparar e obturar: esta é a tríade da Endodontia, especialidade odontológica que vem se transformando bastante ao longo dos anos. Agora, seus tratamentos oferecem mais segurança, mais previsibilidade e mais facilidade para o paciente e para o dentista – e, vale ressaltar: as taxas de sucesso dos tratamentos endodônticos são reais e a longo prazo. Observe os sintomas, consulte regularmente ao dentista e realize os tratamentos necessários no tempo necessário: só assim é possível manter seu sorriso lindo por muitos anos!

Pin It on Pinterest

Share This

Compartilhe!

WhatsApp chat