Não é preciso ir muito longe para achar uma pessoa que esteja insatisfeita com alguma parte do seu corpo e, muitas delas, encontram no preenchimento facial e harmonização facial a solução para resgatarem a sua autoestima e se sentirem mais felizes. Atualmente é possível fazer correção em todas as partes do corpo optando por procedimentos tradicionais ou mais modernos. Como exemplo temos a Rinoplastia e a Rinomodelação. Você sabe a diferença entre esses dois procedimentos? 

Sobre a Rinomodelação

A rinomodelação pode ser realizada através da modelagem nasal com preenchimento com ácido hialurônico pelo uso de fios de sustentação em regiões anatômicas específicas. Regiões como o nariz, dorso nasal e columelas costumam ser abordadas pelo procedimento de rinomodelação. Esse procedimento é a solução ideal para quem sempre sonhou em modelar o nariz sem precisar se submeter ao procedimento cirúrgico, sendo minimamente invasivo e não necessita de internação hospitalar. Além disso, os resultados são imediatos e satisfatórios.

Quando indicada, a rinomodelação costuma ser a melhor opção para aquelas pessoas que não querem se submeter a cirurgia ou complemento a quem já realizou o procedimento cirúrgico anteriormente.

Procedimentos de harmonização facial

Os procedimentos de harmonização facial como a rinomodelação, o preenchimento com ácido hialurônico e o preenchimento facial são procedimentos que estão sendo cada vez mais procurados pelas pessoas justamente por serem métodos não cirúrgicos e minimamente invasivos. Esses métodos não necessitam de internação hospitalar, possui custo mais acessível, além de gerar um novo formato no rosto tratando pequenas irregularidades desvios (no caso de procedimentos realizados no nariz).

Sobre a Rinoplastia

A Rinoplastia é principalmente indicada quando a função nasal da pessoa está comprometida, com algum grau de obstrução que dificulta o fluxo de ar dentro do nariz como, desvios de septos, aumentos de conchas nasais ou grandes assimetrias. Pessoas que precisam de realizar a Rinoplastia normalmente são indicadas a realizarem a Rinomodelação como complemento ao procedimento cirúrgico caso este não corrigir totalmente a estética nasal.

O cirurgião-dentista habilitado em Harmonização Orofacial poderá analisar qual o procedimento correto a ser indicado e, quando necessário, encaminhar o paciente para a realização da Rinoplastia.

Ainda assim, observa-se muitas dúvidas nos consultórios sobre a diferença entre a Rinoplastia e a Rinomodelação. Fizemos um esquema para que vocês possam entender melhor como funcionam as duas técnicas:

Rinoplastia Rinomodelação
Procedimento cirúrgico Procedimento não cirúrgico
É definitivo Duração de até 18 meses
Realiza cortes internos na região do nariz Utiliza ácido hialurônico na aplicação
Pode aumentar ou diminuir as proporções do nariz Pode aumentar o nariz, modelando-o
Melhora a estética e a função Pontos e quantidade de aplicação limitados
  Ação altera somente a estética
  A maioria dos pacientes buscam a Rinoplastia após o preenchimento

Por fim, o procedimento cirúrgico pode causar sangramento e dificuldades respiratórias nos primeiros dias, enquanto o preenchimento realizado no procedimento de rinomodelação pode ocasionar dores e edemas. Porém, por existirem diversos fabricantes de ácido hialurônico e diferentes metodologias de preenchimento, é preciso utilizar a técnica que mais se adequa ao tipo de pele do paciente.

Referências: Revista Saúde e Estilo, Luciana Pepino, Dr. Thiago Santana

Pin It on Pinterest

Share This

Compartilhe!

WhatsApp chat