As mulheres são responsáveis por 88% das operações estéticas feitas no país e um dos procedimentos que mais desponta na preferência nacional é a bichectomia, nome muito comum nos Estados Unidos e que chegou ao Brasil há poucos anos.

Bichectomia: a cirurgia de bochecha

A bichectomia consiste na remoção de um tecido gorduroso localizado na região da bochecha (Bolas de Bichat), a partir de um corte de um centímetro na parte interna da boca, que faz com que o paciente fique com o rosto mais afilado e alongado, aparentando ser mais magro. A questão é que esse tecido gorduroso não diminui com o emagrecimento, ou seja, só é possível que ele desapareça com a realização da cirurgia.

Com qual profissional eu realizo a cirurgia de bichectomia?

A bichectomia é realizada por um cirurgião-dentista e, apesar de ser um procedimento relativamente simples, deve ser realizado por alguém de muita confiança: as Bolas de Bichat estão localizadas próximas a várias estruturas anatômicas importantes, o que exige que o profissional tenha um vasto conhecimento da anatomia bucal e facial. Além disso, a cirurgia é ser realizada sob anestesia local. …….

Sou homem: posso fazer bichectomia?

Claro! A bichectomia é indicada a qualquer um que possui insatisfação com o volume das bochechas e pode ser feita assim que houver o crescimento completo da face. ……… A bichectomia pode, inclusive, ser realizada por causas funcionais, em pacientes que mordem muito as bochechas em função do grande volume das Bolas de Bichat: nesses casos, muitas vezes as lesões internas podem gerar proliferação de bactérias que podem causar mau hálito e doenças na cavidade oral e gengiva.

Existem riscos em fazer a bichectomia?

Toda cirurgia possui seus riscos. Como já foi dito, as Bolas de Bichat estão localizadas  próximas a nervos e canais salivares, por isso a importância de o profissional que a realiza ter um grande conhecimento anatômico e técnico das estruturas bucais e da face. Por isso, realize a cirurgia com um profissional qualificado e de sua confiança!

Bichectomia: pós operatório

A bichectomia geralmente não é um procedimento dolorido, e o maior desconforto pós-operatório é semelhante ao que ocorre com a retirada de dentes: um inchaço que começa a diminuir após 48h da cirurgia. Os pontos são internos, caem sozinhos e não há necessidade de curativos.

Dentro disso, é válido que o pós-operatório consista em: evitar sol nas primeiras quatro semanas; alimentação líquida e pastosa nas primeiras 48 horas; e colocação de compressa gelada nos três primeiros dias. Seu resultado começará a ser notado após aproximadamente duas semanas, mas será mais nítido após aproximadamente 6 meses de cirurgia!

A cirurgia de bochecha tem trazido muito alívio e melhora na auto estima de muitas pessoas. Vale a pena conferir!