Implantodontia: curiosidades e tudo o que você precisa saber sobre implante de dente

Entenda um pouco mais sobre essa área da Odontologia: a Implantodontia

A falta de um ou mais dentes pode provocar o desequilíbrio da mordida e da musculatura das regiões vizinhas, o que pode causar uma perda estética, que deixa a aparência do paciente com aspectos de envelhecimento. E os prejuízos não acabam por aí: este problema também pode causar dificuldades na mastigação e dores na articulação dos maxilares.

Com os passar dos anos, desenvolvemos cada vez mais os diferentes tipos e os diferentes procedimentos relacionados à Implantodontia, tornando essa área da Odontologia menos invasiva, mais rápida e menos dolorosa. Justamente por isso, os implantes são os queridinhos da vez, tomando o espaço antes ocupado pelas dentaduras e pelas próteses fixas, quando possível.

O que é o implante de dente?

Implante de dente se refere a pinos fabricados em titânio com um formato que se assemelha a um parafuso: sobre eles, são colocadas as próteses dentárias. O procedimento é indicado a pacientes que perderam um ou mais dentes ou que precisam de uma reabilitação oral completa – assim, é possível oferecer-lhes novamente um sorriso bonito, saudável e que transmite confiança.

Inclusive, a maioria das pessoas escolhe a Implantodontia por esse motivo: a falta de confiança ao falar e ao sorrir.

Indicações e contraindicações da Implantodontia: consulte seu dentista

As contraindicações relacionadas à implantodontia não são muitas e pacientes que não possuem uma boa condição óssea também conseguem realizar o procedimento. Para este grupo, muitas vezes o dentista vai indicar o tratamento de Enxerto Ósseo, para, em seguida, ser possível colocar os implantes.

Crianças não são recomendadas para realizar o tratamento: a formação óssea, inclusive da arcada dentária, só se finda entre os 17 e os 19 anos, de forma que só então o tecido ósseo conseguiria receber o implante e fixá-lo corretamente. E, por fim, é uma mito que o organismo pode rejeitar o implante de dente: ele é feito de titânio, que é um material inerte e compatível com o tecido ósseo. A perda acontece, na maioria das vezes, por contaminação ou força excessiva sobre os implantes.

E por que o implante de dente é a melhor opção?

Antigamente, quando o paciente aparecia com um dente a menos, a opção escolhida para resolver o problema era a ponte fixa – o dentista desgastava os dentes próximos à perda dentária e fabricava em laboratório uma estrutura de metal, coberta com cerâmica, cobrindo os dentes faltantes. Ou seja, para realizar esse tratamento, é necessário desgastar dentes saudáveis, o que pode causar uma série de problemas futuros. Por sua vez, quando o paciente perdia vários dentes de uma vez, a solução era o uso de próteses móveis, as famosas Dentaduras ou roachs, conhecidas por serem pouco funcionais e desconfortáveis.

Os implantes dentários evitam desgastes de outros dentes, não escorregam ou mudam de posição na boca, melhoram a dicção e a mastigação do paciente e elevam sua autoestima. Escolhendo uma clínica odontológica de confiança que tenha profissionais experientes, seu procedimento será realizado com técnicas modernas, o máximo do planejamento, do cuidado e da responsabilidade. O tratamento vale a pena para você?

Share This

Compartilhe!