Saúde bucal e odontologia preventiva: o que é o câncer de boca?

Afinal, o que é e quais as causas do câncer de boca?

O câncer de boca é um tipo de câncer que aparece em forma de tumores malignos que podem acometer a boca e parte da garganta, podendo se desenvolver nos lábios, na gengiva, no céu da boca, nas amígdalas e nas glândulas salivares. Os principais fatores de risco que podem causar seu aparecimento e desenvolvimento são o fumo e a ingestão de álcool – quanto mais uma pessoa ingere bebidas alcoólicas e fuma, maior a probabilidade de que ela tenha um câncer de boca.

Outros fatores que podem levar ao seu desenvolvimento são a exposição excessiva ao sol, a higiene bucal deficiente e a alimentação pobre em minerais e vitaminas, principalmente a Vitamina C.

Câncer de boca: sintomas

São diversos os sinais e sintomas do câncer de boca. Ele pode aparecer e se manifestar em forma de feridas que não cicatrizam, bem como caroços, inchaços, sangramentos repentinos e manchas esbranquiçadas ou avermelhadas no lábio e parte interna da boca. Quando em seu pior estágio, o câncer pode, ainda, prejudicar a fala e a deglutição, além de provocar mau hálito.

Como diagnosticar o câncer na boca?

O diagnóstico do câncer de boca depende bastante do autoexame e dos exames rotineiros feitos por profissionais da Odontologia.

1- Autoexame

O autoexame odontológico é uma técnica simples. Fazendo com que o paciente entenda e conheça a estrutura normal da boca, ele conseguirá identificar possíveis problemas e anormalidades, como mudança na aparência dos lábios, endurecimentos, caroços etc. Mas, claro: o exame com um profissional habilitado e experiente é indispensável.

2- Visite seu dentista regularmente

O exame rotineiro com um dentista é indispensável para identificar o câncer na boca em seus estágios iniciais. E, se você é uma pessoa que bebe e fuma regularmente e tem mais de 40 anos, deve ficar ainda mais atento!

Como é realizado o tratamento do câncer na boca?

O tratamento do câncer pode ser feito a partir da remoção do tumor cirurgicamente, e a partir de quimioterapia e radioterapia – cada caso é um caso, e a escolha da melhor alternativa é feita de acordo com a localização do câncer, com a gravidade da situação e com a possibilidade ou não de a doença já ter se espalhado pelo corpo.

Odontologia preventiva: como prevenir o câncer de boca?

Sempre é tempo de investir em sua saúde bucal e aprender um pouco com a Odontologia preventiva – afinal, como diminuir as chances de ter um câncer de boca?

Primeiramente, é indispensável que você evite ou diminua o consumo de álcool e o tabagismo, estes são fatores de risco comprovados para o desenvolvimento do problema. Além disso, é importante manter sempre uma boa higiene bucal e uma alimentação saudável e rica em frutas, legumes, verduras e variedade de alimentos. Por fim, mas não menos importante: descobrir o câncer de boca em seu estágio inicial é muito importante para que você tenha um tratamento tranquilo e poucos riscos ainda mais graves à saúde: não deixe sua saúde bucal de lado, visite um dentista regularmente e esteja sempre atento às características da sua boca! Se conhecer é o primeiro passo para evitar doenças.

Pin It on Pinterest

Share This

Compartilhe!

WhatsApp chat